domingo, 9 de maio de 2010

Por que é que Deus me persegue?

Sabe aquele desenho animado em que um gambá se apaixona por uma gata que por engano ele tomou por uma gambá fêmea? Nesse desenho, não importa o que a gata faça, o quanto ela corra, ele, o gambá, sempre está trás dela, paciente e constantemente atrás dela.

Faço uso dessa animação para ilustrar a minha situação, não importa o quanto eu tente não me importar e dizer para mim mesmo que Ele é Ele e que eu sou eu, que Ele tem a vida Dele e eu tenho a minha, vira e mexe a gente se esbarra, um dando de cara com o outro, não que eu estivesse procurando, pelo contrário, vivo evitando, mas parece que não tem jeito mesmo.

Eu ainda não entendi a razão desse assédio todo por parte dele, e também não sei se quero entender, só gostaria de poder levar minha vidinha normalmente sem ter que ficar dando de cara com Ele.

Desconsiderando o fato de que eu possa estar sofrendo de esquizofrenia, chego a pensar se isso já não é um abuso da parte Dele, cadê o livre arbítrio? Posso escolher não querer saber Dele?

Nenhum comentário:

Postar um comentário